Atividades de Extensão

Geografia e cultura italiana por meio da poesia (2016)

Snapchat-3785633790252484615

A ideia é fazer com que os alunos da graduação e pós-graduação possam contribuir para pensar algumas questões relativas à cultura italiana. Nesse sentido, a proposta é oferecer um panorama da geografia e da cultura italiana por meio da leitura e análise de textos poéticos. Fazer um mapeamento de poetas que no século XX e XXI em seus textos trataram e tratam da cultura local, do espaço urbano, das periferias. Serão contempladas as cidades de Roma, Milão, Veneza, Florença, Genova, Nápoles. Integrar a geografia e a cultura partindo da leitura de textos poéticos é algo desafiador por alguns motivos. O primeiro talvez seja o de “tirar”  o texto literário da sala de aula e ver como ele pode falar para leitores menos especialistas, mas com sensibilidades diferentes. Pensar a geografia de uma cidade implica também pensar a sua própria cultura, os habitantes que nela vivem e suas relações. Se pensarmos por exemplo nos espaços de Roma, Trieste, Gênova e Milão, teremos um leque muito amplo e, ao mesmo tempo, muito diverso. A Roma de Valentino Zeichen e Patrizia Cavalli, a Trieste de Umberto Saba, a Genova de Eugenio Montale e Giorgio Caproni e a Milão de Milo Angelis fazem todas elas (e tantas outras mais) parte do que identificamos com o nome Itália. A geografia, pela própria história da península, sempre foi um elemento muito importante, basta pensar em alguns textos de Italo Calvino, um dos escritores mais traduzidos

Financiamento: 1 bolsa Probolsa/UFSC

Situação: finalizado.

 

Literatura italiana traduzida em diálogo (2017)

A realização do Projeto de Extensão A Literatura Italiana Traduzida em diálogotem como maior a integração entre a extensão e a pesquisa dentro do Curso de Letras-Italiano da UFSC. O projeto nasce inicialmente como pesquisa, mas agora é preciso expandi-lo por meio de algumas atividades que possam dar conta e trabalhar com os resultados obtidos. Com base no Dicionário Bibliográfico da Literatura Italiana Traduzida no Brasil (www.dlit.ufsc.br), propõe-se a realização de uma série de ações para a comunidade externa e interna relacionadas à literatura italiana e sua circulação no Brasil, por meio da tradução. A importância desse projeto é grande para quem trabalha com culturas estrangeiras, no caso a italiana, visto que a ideia é tentar pensar e refletir sobre a estrangeira sem deixar de lado o espaço de proveniência e cultural do aluno, que é o Brasil. O programa terá início com o estudo dos dados presentes no Dicionário, disponível on-line, para depois planejar detalhadamente os programas de workshop, oficinas e mostras. Um dos resultados é o blog.

Financiamento: 2 bolsas Probolsa/UFSC

Situação: em andamento