Orientações em andamento

Iniciação Científica (PIBIC-CNPq)

 

Agnes Ghisi. Limites do indecidível e ruínas da linguagem em Giorgio Caproni. (2016-2017, CNPq)

Helena Bressan Carminati. Limites do indecidível e ruínas da linguagem em Giorgio Caproni.(2016-2017, CNPq)

Luiza Kaviski Faccio. Limites do indecidível e ruínas da linguagem em Giorgio Caproni – Voluntário (2016-2017).

 

Mestrado

 

Abelardo Osni Rocha Junior. Funâmbula: ser palavra morte. A imolação da letra em Maura Lopes Cançado. Início: 2017.

Izabel Dal Pont. Balzac, a pintura e a literatura.. Início: 2017.

Fabiana Vasconcellos Assini. O corpo feminino em Giorgio Caproni. Início: 2017 (CNPq).

Maysa Ketherine Rizzotto. Paisagens da Riviera em Ossi di Seppia. Início: 2015 (CAPES).

Tatiara Aline Pinto. Fortini, a poética social e o espaço onirico. Início: 2015 (CAPES).

 

Doutorado

 

Elena Santi. Vozes mudas: reflexoes sobre as linguagens metapoéticas por meio do diálogo com os mortos. Início: 2016 (CAPES).

Lucas de Sousa Serafim. Aspectos Musicais Na Narrativa Experimental De Giorgio Manganelli: Uma Trajetória Até Rumori O Voci. Início: 2016 (CNPq).

Alencar Schueroff. João Cabral e Caproni: a desativação poética. Início: 2014.

Alessandra Rondini. Traduções de imagens: escritores brasileiros na Itália. Início: 2013.

Egide Guareschi. A ressignificação do poeta moderno na figura do saltimbanco. Início: 2013.